lac isp

O que é o LAC-ISP e quais serão os impactos gerados?

A LAC-ISP é uma federação formada por associações latino-americanas e do Caribe de ISP’s (Internet Service Providers, ou, em português, Provedores de Serviço de Internet). Criada em maio de 2019, em Montevidéu, também apresenta um estatuto próprio e reúne as principais associações de provedores de serviços de Internet da região.

Fazem parte da federação a Abrint, Cabase, Redetelesul, Internetsul, Abramulti (todas brasileiras), Cabase e Cappi (argentinas), Aprosva (sediada no Equador), Wisp-MX (sediada no México) e NAISP (Colômbia). Sua criação pode trazer mudanças para o setor regional e fortalecer o mercado como um todo.

É fundamental, portanto, que os gestores de empresas de telecomunicações compreendam quais são os objetivos da criação da LAC-ISP e os impactos dela na área. Continue lendo e tire suas dúvidas sobre o tema!

Qual o objetivo da criação da LAC-ISP?

A LAC-ISP surge com o objetivo de ser uma entidade representativa das empresas provedoras de Internet na região da América Latina e Caribe, trocando experiências sobre os principais desafios, tendências e necessidades do setor.

Também é uma forma de fortalecer os laços entre as organizações de diferentes países, formando uma coalizão importante para o desenvolvimento e fortalecimento do mercado no cenário internacional.

Por exemplo, enquanto o Brasil e Argentina estavam à frente na implementação de fibra óptica, outros países avançavam no que diz respeito à infraestrutura de redes. Pode-se, assim, compartilhar experiências importantes entre os países signatários.

As discussões podem ser úteis para conseguir uma maior unidade regulatória. Isso porque a instituição pode atuar oferecendo projetos junto aos governos dos países, o que possibilitaria uma maior troca de tecnologias, clientes e aumenta as possibilidades de atuação das empresas dos países-membros.

Uma primeira proposta da organização é realizar um levantamento do atual panorama, observando as demandas existentes, país a país, e propor soluções conjuntas, de acordo com as prioridades de cada local.

A ideia, portanto, é conseguir promover um acesso de qualidade e universal para a população local, difundindo a Internet para a América Latina e região do Caribe. Isso é importante quando pensamos que, em 2017, apenas 49% da população da região tinha acesso à rede.

É importante frisar que se trata de uma entidade civil internacional sem fins lucrativos. Sua sede permanecerá em Montevidéu, no Uruguai. Atualmente, o presidente é brasileiro: Basílio Rodrigues Perez, da ABRINT.

Como a criação do LAC-ISP impacta o trabalho dos profissionais de TI?

Como falamos, o LAC-ISP tem por objetivo a integração e o intercâmbio de experiências e tecnologias entre os membros. Isso pode ser muito positivo, principalmente para cobrir falhas que existam no âmbito regional.

Por exemplo, um país poderá exportar tecnologia e serviços. Em troca, poderá receber apoio para adesão de questões de infraestrutura que são ainda deficitárias no local. O clima de colaboração entre os membros permitirá avanços significativos na qualidade da Internet no continente.

Powered by Rock Convert

Para os profissionais que trabalham em empresas provedoras de Internet, pode ser uma boa oportunidade de, ao participar das associações signatárias, aproveitar os benefícios da união, conseguir novos parceiros comerciais, oferecer diferenciais competitivos ainda não tão presentes no cenário nacional, entre outras vantagens.

Sendo assim, é fundamental que os profissionais acompanhem de que forma a formação da fundação poderá significar benefícios para os membros e aderir às organizações que fazem parte do LAC-ISP

Quem poderá participar da federação?

Para se tornar sócio, é preciso que o requerente cumpra todas as obrigações existentes no estatuto do LAC-ISP, podendo aderir tanto as pessoas físicas quanto jurídicas e que, também, concordem com os objetivos da fundação, bem como aceitem contribuir com os aportes financeiros solicitados pela instituição.

O interessado deverá encaminhar uma requisição escrita para o diretório e aguardar uma resolução favorável para a adesão à federação. Para ser um sócio ativo, é necessário:

  • ser uma associação ou organização de ISP, instalado em um país da América Latina ou Caribe, com pessoa jurídica de acordo com as leis do país correspondente;
  • tem que existir há mais de um ano;
  • cumprir os requisitos técnicos e obrigações econômicas estabelecidas pela federação.

Quais os principais pontos do estatuto que devem ser de conhecimento dos profissionais?

Há alguns pontos do estatuto que merecem atenção por parte dos profissionais que tenham o anseio em participar do LAC-ISP. Vamos trazer os principais deles a seguir para tirar suas dúvidas sobre o tema.

Direitos dos sócios

Os sócios terão os seguintes direitos:

  • serem eleitores e elegíveis;
  • participar da Assembleia Geral, com direito a voz e voto;
  • usar os serviços sociais da federação;
  • apresentar iniciativas à direção para o melhoramento da Associação em qualquer aspecto;
  • ter acesso à situação financeira da Associação.

Deveres dos sócios

São deveres dos sócios:

  • pagar as cotas ordinárias e as contribuições extraordinárias, quando ocorrer;
  • designar um representante titular e alternativo diante da Associação;
  • acatar as regulamentações e as resoluções sociais.

Sanções aplicáveis aos sócios

Caso o associado não cumpra o disposto no estatuto, pode sofrer as seguintes sanções:

  • ser expulso da Associação diante de falhas técnicas que diferem das exigências necessárias, bem como caso realize qualquer tipo de ato ou omissão que represente um problema para a organização e seus associados. Também pode ser expulso em caso de não pagamento das obrigações;
  • suspensão por, no máximo, seis meses, caso desacate as resoluções da Associação;
  • suspensão automática até que sejam pagos os aportes exigidos para fazer parte do LAC-ISP.

O estatuto também aponta questões sobre a direção da Associação, entre outros detalhes importantes de serem observados por aqueles que tenham o desejo de se tornarem membros da federação.

Participar de um instituto como o LAC-ISP, além de oferecer grandes diferenciais competitivos como profissional e como empresa, pode trazer benefícios financeiros significativos, advindos da troca de experiências e colaborações entre os membros.

Sendo assim, a sua empresa de provedor de serviços pode participar das associações signatárias ou solicitar a participação junto ao conselho diretor, adequando sua estrutura interna para cumprir os requisitos exigidos pela federação.

Além de participar de uma organização como o LAC-ISP, é importante os gestores terem consciência sobre como aumentar as vendas de provedores de Internet. Acompanhe nossas dicas e implemente-as em sua empresa!

Receba conteúdos exclusivos da Aloo no seu e-mail!

Cadastre seu e-mail para receber nossos conteúdos exclusivamente.

Email registrado com sucesso

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.