Border Gateway Protocol

O que é Border Gateway Protocol?

Powered by Rock Convert

No atual mundo dos negócios, a infraestrutura de TI exerce um papel decisivo para que qualquer empresa otimize os seus resultados. Porém, a tarefa de construir esse departamento é um tanto complexa — exige a compreensão de cada tecnologia e respectivos processos.

Hoje, é difícil imaginar, por exemplo, negócios cujas operações não dependam da rede mundial de computadores. No entanto, com certeza, boa parte dos empresários não faz ideia do que seja o Border Gateway Protocol e dos benefícios por ele gerados na administração da sua rede.

Pensando na relevância do tema, elaboramos um post para mostrar o que é esse conceito, bem como os motivos para se investir nesse tipo de solução. Siga a leitura e confira!

Entenda o que é Border Gateway Protocol

O Border Gateway Protocol (BGP), ou protocolo de rotador de borda, como pode ser traduzido para o português, é um protocolo de roteamento externo responsável por conectar a redes que formam a Internet.

É um protocolo que agrega tudo e usa o TCP como o protocolo de transporte, na porta 179. Lembrando que, a conexão TCP é formada pela junção de dois roteadores BGP.

Hoje, o BGP é o padrão utilizado para o roteamento entre sistemas autônomos na internet e se encontra na versão 4.

O protocolo de rotador de borda é, essencialmente, um protocolo de vetor de distância. No entanto, em vez de apenas manter o custo para cada destino, ele também exerce controle sobre o caminho exato que está sendo utilizado.

Além disso, o BGP não faz atualizações periódicas para informar o custo estimado aos demais roteadores com que ele interage. O BGP informa o caminho exato que está sendo utilizado.

O Border Gateway Protocol viabiliza o anúncio da existência de cada sub-rede na grande rede mundial. Quando uma sub-rede se identifica, o BGP entra em ação para satisfazer as condições básicas para que todos os ASs da internet saibam da sua existência. Ele também mostra o caminho para se chegar até a sub-rede.

Outro aspecto relevante em que o BGP se diferencia dos outros protocolos de vetor de distância é que ele não apresenta o problema de contagem até o infinito. Dessa forma, sua velocidade de convergência muito mais rápida.

Quando temos dois roteadores formando uma conexão de TCP e a fim trocar informação de roteamento de Border Gateway Protocol denominamos “peers” ou “vizinhos”. A princípio, os peers BGP trocam tabelas de roteamento completas. Após essa troca, os peers enviam atualizações para essas tabelas.

A troca de informações de roteamento por conexões TCP acontece via porta 179. Com esse procedimento, a comunicação ganha confiabilidade, e todos os detalhes da rede que está sendo usada podem ser ocultados.

Quais são as suas principais vantagens?

Os protocolos de roteamento dinâmicos têm como característica marcante a possibilidade de que os dispositivos da camada 3 aprendam e compartilhem todas as informações, prefixos, parâmetros e atributos de roteamento entre si, dinamicamente.

A partir daí, inúmeros outros benefícios são gerados, entre os quais destacamos.

Powered by Rock Convert

Reduz as tarefas administrativas

Além de ser um protocolo de roteamento dinâmico, o BGP é um protocolo com a habilidade de aprender as rotas entre sites conectados via VPN site automaticamente. Com isso, há uma redução significativa da necessidade de configuração de roteamento manual em roteadores.

Aumenta a disponibilidade

O uso do roteamento BGP aumenta a disponibilidade da rede, uma vez que permite que ela continue funcionando diante de falhas parciais — ainda que a sua capacidade sofra reduções, é possível manter certas atividades até que ela seja consertada.

Isso porque, durante situações de instabilidade ou defeitos, os protocolos de roteamento geram automaticamente um novo caminho contornando o problema, sem a necessidade de alterar a configuração.

Gera escalabilidade

A escalabilidade é uma dos pontos mais altos de uma rede dinâmica. Suas características permitem que ela seja ampliada mais rapidamente e com capacidade de se adaptar às mudanças que esse crescimento provocou na topologia de rede, e o mesmo acontece quando acontece falha de um ou mais componentes.

O BGP gerencia facilmente o crescimento da rede, calculando caminhos automaticamente. Nesse caso, o Border Gateway Protocol aprende sobre a topologia e comunica com os demais roteadores presentes na rede. Então, cada um deles anuncia sua presença e as rotas disponíveis para os demais.

Dessa forma, caso um novo roteador seja incluído na rede ou algum segmento adicional, seja acrescentado a um roteador existente, os demais serão orientados sobre a adição e farão os ajustes necessários suas tabelas de roteamento. Portanto, o grau de adaptabilidade também é grande.

Reduz a quantidade de recursos do sistema

Um dos mais importantes benefícios do BGP é a redução da quantidade de recursos de sistema (CPU e memória) usados para atualização, que poderá ser replicada para todos os membros de grupo de peer sincronizados. Além disso, a configuração BPG também permite que a tabela de roteamento seja verificada somente uma vez. Isso diminui significativamente a carga do sistema.

Conheça os recursos do BGP

O roteamento BGP fornece inúmeros recursos para otimizar a administração de uma rede corporativa. Ao investir nessa dinâmica, os mecanismos disponíveis são:

Configuração de HoldTime

Entre os principais recursos do BGP, é importante destacar o seu apoio à configuração do valor HoldTimer para o cumprimento dos requisitos de rede. Isso significa que, o temporizador suporta alterações para acomodar a interoperabilidade com dispositivos de terceiros, ou ainda a fim de manter um limite de tempo máximo das sessões de emparelhamento realizada por esse protocolo.

Estatísticas de BGP

(contadores de mensagens, contadores de rota). O roteador BGP dá suporte não apenas para exibição de mensagens e estatísticas de rota, como também para suas respectivas contagens. Para tanto, pode ser usado o comando Get-BgpStatistics do Windows PowerShell.

Suporte a BGP interno e externo

Outra característica vantajosa dos roteadores BGP é que eles oferecem suporte ao emparelhamento interno e externos, ou seja, o iBGP e eBGP, respectivamente. Para configurá-los e usufruir dessa função, é preciso garantir que os ASNs apropriados são atribuídos aos roteadores BGP local e remoto.

Powered by Rock Convert

Nesse contexto, vale lembrar que todas as topologias de implantação de BGP (ao todo são quatro), empregam o uso do emparelhamento de eBGP, sendo que a quarta topologia faz o uso de ambos os tipos de emparelhamento — iBGP e eBGP.

Suporte à configuração de roteamento estático

Ao configurar rotas estáticas ou interfaces no roteador BGP é possível utilizar prefixos, ou o nome das interfaces por meio dos quais as rotas serão escolhidas. Para as rotas estáticas o caminho é o comando do Windows PowerShell Add-BgpCustomRoute. Já as rotas com saltos seguintes resolvíveis são incluídas nas tabelas de roteamento de BGP e anunciadas para colegas.

Suporte a Equal Cost Multi Path Routing (ECMP)

O Border Gateway Protocol dá suporte à ECMP, isto é, pode ter mais de uma rota com mesmo custo inseridas na tabela e também na sua pilha de roteamento. Nesse sentido, a seleção de roteador BGP da rota para a transmissão de pacotes de dados ocorre de maneira aleatória com ECMP habilitado.

Filtragem de rotas

Como o protocolo BGP tem vários atributos de rota — intervalo ASN, comunidade prefixo e do próximo salto —, o suporte de filtragem de anúncios de rota de entrada ou de saída representa uma peça importante para garantir o seu bom desempenho.

Suporte a emparelhamento de transporte de IPv4 e IPv6

O design de roteamento Border Gateway Protocol dá suporte a dois tipos de emparelhamento: o IPv4 e o IPv6. Para quaisquer topologias de implantação do roteador BGP pode ser usado uma das duas opções (IPV4 / IPv6). No entanto, o identificador do BGP deve ser configurado com o endereço IPv4.

Cliente RR (route-reflector)

Um BGP pode atuar como route-reflector, ou seja, um refletor de rota para um cliente. Isso é muito bem-vindo em topologias complexas, pois ele pode formar clusters e, assim, simplificar a rede.

Agregação de rota

A agregação de rota do BGP se encarrega da tarefa de configurar rotas. É ela que vai substituir, por exemplo, os anúncios de rotas mais granulares por resumo ou rotas de agregação para pares. O intuito é diminuir o número de mensagens por anúncio em cada rota transmitida na rede.

Suporte de atualização de rota

O roteador BGP também apresenta como funcionalidade o suporte à atualização de rota, que é anunciada no emparelhamento por padrão. Isso torna o aparelho capaz de enviar novos conjuntos de atualização de rota sempre que solicitado por um par — processo feito via mensagem.

Nesse sentido, uma atualização de rota também pode ser enviada para atualizar sua tabela de roteamento nos eventos como alterações de política de roteamento para um par.

Enfim, isso permite que as alterações ou atualizações das políticas de roteamento BGP no Windows Server 2016 sejam realizadas sem a necessidade de reiniciar o emparelhamento.

Redução de oscilação de rota

A redução de oscilação de rota do roteamento BGP se dá no Windows Server 2016, e tem como reflexo o retardamento de instabilidades. Assim, se uma rota é constantemente anunciada e removida, por exemplo, tornando a tabela de roteamento instável, existe a possibilidade de configurar o roteador BGP atribuindo-lhe um peso de retardamento à rota, bem como monitor a flaps.

Caso necessário, você ainda pode suprimir ou cancelar a supressão. Esse recurso ajuda a manter uma tabela de roteamento estável, sem sobrecarregar o BGP com processamentos.

Saiba como os produtos da Aloo estão atrelados nesse sentido

No que diz respeito aos produtos e serviços oferecidos pela Aloo, vale destacar que a empresa sempre procura atender às necessidades do mercado da melhor forma possível. Em vista disso, seu trabalho envolve equipamentos indispensáveis para a máxima performance.

As soluções Aloo consistem na locação de equipamento com serviços de instalação, configuração, manutenção e gerência de toda a rede de comunicação de dados, internet e voz, o que inclui o BGP.

Para garantir a confiabilidade e velocidade dos serviços de telecomunicação, o Backbone IP da empresa suporta alta capacidade de tráfego e tem conexão com as maiores operadoras internacionais.

Podemos dizer que a Aloo tem os mais sofisticados recursos para ligar sua empresa a qualquer ponto do Brasil e do mundo, com agilidade e eficiência. Sua rede IP 100% MPLS (Multiprotocol Label Switch) é preparada para a convergência de qualquer conteúdo de seus clientes.

Além disso, a tecnologia uniforme e de última geração asseguram à Aloo flexibilidade para acompanhar os avanços tecnológicos de cada segmento, permitindo uma expansão planejada, segura e com grande capacidade de personalização.

O BGP da Aloo em ação

Com relação ao BGP IP Trânsito, a conectividade à Internet oferecida pela Aloo acontece por meio de um acesso local digital com interface padrão Ethernet, responsável por manter a conexão direta e permanente entre o equipamento do Cliente e o roteador de acesso da rede Aloo, que é o BGP ou outro roteador dinâmico.

No quesito capacidade de transmissão disponível ao cliente, existe uma porta IP especificamente configurada no roteador da Aloo para garantir a qualidade do sistema. Ademais a empresa provê, gratuitamente, a funcionalidade de DNS (Domain Name System), nos seus estágios primário, secundário e reverso.

Para os clientes que têm AS (Autonomous System), bloco IPv6 e DNS IPv6, a conectividade utilizada é a IPv6 (Trânsito IPv6), por meio de roteamento BGP.

O IPv6 é a nova geração do Protocolo Internet, criada para suportar o crescimento acelerado que a rede nos últimos tempos, e a Aloo já oferece à sua empresa a oportunidade de usufruir dessa evolução.

O Centro de Gerência da Aloo foi desenhado com as mais modernas tecnologias para capacitar seus clientes no supervisionamento das redes, coleta de dados, análise de eventos. O objetivo é atuar de forma preventiva e proativa, evitando a interrupção do serviço prestado.

O Border Gateway Protocol é uma ferramenta relevante para que as companhias estabeleçam uma conexão estável e de alta qualidade. Por reduzir a necessidade de configurações manuais as operações da empresa de modo geral se tornam mais fluidas e eficazes.

Agora que você já sabe o que é o BGP, aproveite para garantir um alto padrão de transmissão da sua rede, entre em contato com o nosso time e conheça as mais avançadas soluções para o desempenho do seu negócio!

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Receba conteúdos exclusivos da Aloo no seu e-mail!

Cadastre seu e-mail para receber nossos conteúdos exclusivamente.

Email registrado com sucesso

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.