Automação de processos

Tire agora suas principais dúvidas sobre automação de processos

Powered by Rock Convert

A automação de processos é um dos assuntos mais falados nas rodinhas de tecnologia, principalmente quando se trata da transformação digital. Não é de se admirar, porém, que esse recurso chame tanta atenção. 

A Robotic Process Automation é o tipo de coisa que estamos acostumados a ver apenas em filmes de ficção científica. Mas agora que se tornou uma realidade para as empresas, é normal que as pessoas fiquem curiosas sobre o assunto e tenham muitas dúvidas a respeito do recurso.

Como funciona a automação robótica de processos? Que tipos de tarefa podem ser automatizadas? Como fazer a automação? Quanto custa investir nesse processo?

Essas e outras respostas você encontra neste artigo. Continue a leitura para confira!

O que é automação de processos?

A automação de processos — Robotic Process Automation ou RPA — é um tipo de software que pode ser utilizado pelas empresas para automatizar tarefas repetitivas. 

Copiar os dados de uma tabela, ler o conteúdo de um e-mail e transformá-lo em um relatório simples ou inserir dados em um sistema, por exemplo, são atividades que podem ser automatizadas utilizando esse tipo de sistema. 

A RPA é benéfica para os negócios porque os ajuda a remover do dia a dia tarefas que têm baixo custo-benefício, mas que precisam ser feitas. Isso libera os colaboradores para que eles possam fazer outras atividades, que exigem inteligência humana. Desse modo, tornam-se mais produtivos.

Como funciona a automação robótica de processos?

Para entender como funciona a automação de processos, vamos utilizar o exemplo de um sistema legado, ou seja, um software antigo que continua em operação na sua empresa porque não há outro que possa substituí-lo, ou o custo de substituí-lo não vale a pena.

Em geral, esses sistemas não se conectam à nuvem e exigem que sejam inseridas informações neles manualmente. A automação de processos remove essa etapa manual, transformando a maneira como as atividades são executadas na empresa.

O robô (que é um software) é capaz de seguir comandos que são programados na sua interface. 

Que tipos de tarefas podem ser automatizadas?

Muitas tarefas podem ser automatizadas na empresa. A inserção de dados é apenas um dos exemplos mais comuns em que a automação de processos é utilizada no dia a dia. 

Outras tarefas repetitivas, como criar contas de e-mail, enviar campanhas de e-mail marketing e analisar um conjunto de dados identificando o que há em comum entre eles, são exemplos de automações possíveis com a RPA.

Quais são os benefícios da automação de processos?

Existem muitos benefícios ligados à utilização da automação de processos. Os principais deles estão conectados à produtividade do colaborador e à eficiência com que ele conclui tarefas.

Sabemos que tarefas repetitivas são difíceis para o ser humano. É comum que, no processo de submeter dados em um formulário, por exemplo, uma pessoa se torne mais ineficiente quanto mais executa aquela tarefa. Trata-se de ineficiências simples, como inserir um dado no campo errado ou simplesmente se esquecer de adicionar uma informação. Mas, para a análise de dados, essas tarefas são o suficiente para prejudicar os resultados do negócio no longo prazo.

Um robô não se cansa e não comete os mesmos tipos de erros. Por causa disso, dizemos que ele é mais eficiente do que os seres humanos nas tarefas repetitivas associadas à automação robótica de processos.

Quanto à produtividade, seguimos a mesma lógica. Um ser humano se cansa de fazer tarefas repetitivas e, com o passar do tempo, pode realizá-las com menos velocidade e precisão. Isso é danoso para os resultados da empresa como um todo.

Quando colocamos um robô para executar a mesma tarefa, ele não sofre dos mesmos efeitos. A capacidade de processar informação não é prejudicada pelo tempo que o software está em execução ou pela quantidade de submissões que ele faz em um formulário. Consequentemente, a produtividade é melhor do que a de um colaborador executando a mesma atividade.

Há ainda a liberação de capital humano. No momento em que colocamos um software para executar uma tarefa que antes era concluída por uma pessoa, liberamos aquele indivíduo para executar outras ações que podem trazer mais valor para o negócio — como entrar em contato com clientes, oferecer suporte técnico ou fazer a prospecção de novos consumidores, atividades que exigem inteligência humana.

Por que a automação de processos se tornou popular?

A automação de processos ganhou popularidade por um motivo muito simples: ela é eficiente. Seus benefícios compensam o custo que traz para o negócio e, portanto, vale a pena para muitas empresas investir na RPA pelos ganhos que ela traz.

Como saber se a minha empresa precisa de RPA?

Outra dúvida muito comum é como identificar quando uma empresa precisa de automação robótica de processos. O ideal é analisar os fluxos de trabalho de cada negócio e verificar, caso a caso, se cabe automatizar parte dos processos para tornar a empresa mais eficiente.

A consideração deve levar em conta tanto o custo da ação para o negócio hoje quanto o valor da solução de RPA que será implementada na empresa. Deve-se pensar, porém, que no longo prazo a automação de processos tende a economizar dinheiro para o negócio, eliminando de vez uma tarefa pela qual você teria de pagar — na forma de remuneração para os colaboradores — por tempo indeterminado.

Quanto custa investir em automação?

O custo de investir em automação de processos é difícil de apontar sem ver um caso concreto de automação na prática. Ele vai variar em função do software de automação e da maneira como a solução é implementada — se pela própria TI do negócio ou por um fornecedor externo, via terceirização. Além disso, devemos fatorar o quanto essa automação vai economizar para o negócio para identificar o seu custo real.

Para que a automação de processos funcione a favor da sua empresa, porém, conhecer os pontos que apresentamos é apenas o primeiro passo. Será necessário um esforço contínuo de melhoramento e planejamento de cibersegurança, a fim de tornar as suas redes prontas para receber a Robotic Process Automation.

Que tal continuar aprendendo? Veja como fazer um planejamento de cibersegurança e se preparar para a RPA!

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Receba conteúdos exclusivos da Aloo no seu e-mail!

Cadastre seu e-mail para receber nossos conteúdos exclusivamente.

Email registrado com sucesso

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.