Você sabe o que é governança de TI? Descubra aqui!

Cada vez mais o setor de Tecnologia da Informação mostra-se estratégico e fundamental para o crescimento das organizações. Por isso, é importante saber como torná-lo eficiente e estratégico, para atender aos anseios do negócio ao longo do tempo.

Uma das formas de garantir isso é por meio de uma governança de TI devidamente aplicada. Com ela, é possível desenvolver um planejamento capaz de trazer os resultados esperados e adequar a organização para a transformação digital.

Vamos mostrar todos os detalhes importantes sobre esse tema a seguir. Boa leitura!

O que é a governança de TI?

A governança de TI é uma metodologia, alinhada com um conjunto de práticas, as quais devem ter o objetivo de garantir uma maior qualidade e eficiência nos processos corporativos do setor de Tecnologia da Informação.

Tem por objetivo alinhar questões importantes da área, tais como:

  • políticas de segurança de dados;
  • privacidade dos dados internos da empresa;
  • manutenção de ativos digitais, entre outros.

Essas questões devem estar devidamente alinhadas com os objetivos e metas da sua empresa de modo geral, independentemente da sua área de atuação. Esse é o papel da governança de TI.

É importante entender, também, que governança não é sinônimo de gestão. A primeira define de que forma as ações internas de TI serão realizadas e avaliando se as normas e políticas internas traçadas estão sendo adotadas da forma correta.

A gestão, em contrapartida, tem a função de acompanhar o desempenho das ações e serviços, implementar uma transformação digital na organização e, também, avaliar a satisfação do usuário.

Qual a importância da governança de TI?

A governança de TI tem um papel vital para conseguir gerar um TI mais estratégico e não apenas puramente técnico. Afinal, se estamos falando em um setor-chave para as organizações, capaz de alavancar resultados e colocar a empresa a frente no mercado, é fundamental aplicar metodologias e ferramentas que a tornem mais eficiente.

Isso não pode apenas sobre as funcionalidades técnicas do setor, mas também acerca de estratégias: saber alinhá-las com as expectativas da empresa, garantir melhor custo-benefício e trazer uma melhor experiência tanto para o cliente final quanto para os demais gestores do negócio. Isso é feito, justamente, por meio da governança de TI.

Quais as vantagens da governança de TI?

A governança de TI pode trazer uma série de benefícios para o seu negócio. Vamos falar sobre as principais delas a seguir.

Otimização de recursos

O controle de recursos é fundamental para evitar desperdícios que podem acarretar custos elevados para um negócio. A governança de TI permite avaliar a necessidade dos valores utilizados, planejar novos investimentos e tornar as atividades alinhadas com o orçamento da organização.

Powered by Rock Convert

Isso porque ela atua para indicar aos colaboradores a conseguir aplicar as iniciativas corretas para gerar os resultados esperados, podendo direcionar os valores poupados para outros projetos rentáveis para a empresa.

Maior segurança das informações

A governança de TI é um dos pilares básicos da governança de TI, a fim de garantir a disponibilidade, confiabilidade e integridade dos dados utilizados no setor. Afinal, sem eles, é impossível realizar os processos de forma adequada e gerar os resultados esperados para a organização.

Por isso, uma das ações da governança é implementar, em conjunto de especialistas, protocolos de segurança com o objetivo de padronizar processos, ter planos de contingência em caso de problemas, bem como o estabelecimento de regras verificáveis.

Redução de riscos

Como a organização precisa observar quais são as vulnerabilidades presentes no setor de TI e de que forma contorná-los, mitigá-los, bem como realizar uma gestão de riscos eficiente, a fim de gerar um ambiente mais seguro e menores chances de falhas.

Esse trabalho deve ser feito constantemente, para uma melhor avaliação acerca da segurança de dados, avaliando novos pontos que podem representar problemas. Isso porque, caso ocorra algum tipo de falha, é necessário saber como intervir para evitar o máximo de perdas possível.

Verificação de métricas

A governança de TI é fundamental para analisar as métricas importantes sobre o andamento do trabalho do setor. Elas auxiliam a mensurar possíveis falhas que estejam ocorrendo e saber em que ponto podem intervir para melhorar o fluxo produtivo da área. Com isso, torna-se possível otimizar o desempenho de todos os colaboradores e da equipe como um todo.

Aumento da competitividade

O setor de TI é um dos mais estratégicos das empresas e, por isso, suas ações impactam no negócio como um todo. A governança de TI leva a esse alinhamento das expectativas da empresa, bem como:

Com isso, é possível gerar diferenciais competitivos que coloquem a sua empresa a frente de outros concorrentes do mercado.

Como implementar uma governança de TI eficiente

O processo de adoção de uma governança de TI exige tempo para ser adotada. Ela exige ações tanto de curto quanto médio a longo prazo, a fim de garantir maior aperfeiçoamento dos processos.

O primeiro passo começa com a elaboração do plano de estratégico de TI, o qual leva em consideração a gestão otimizada de processos, serviços, projetos, performance, entre outros. Com isso, estipulam-se as normas a serem aplicadas internamente, com o objetivo de mitigar riscos e garantir um melhor resultado de TI, garantindo que os colaboradores façam suas atividades da forma correta.

Uma forma que auxilia a melhorar a eficiência da implementação é a adoção de frameworks de processos, que oferecem diretrizes de práticas adotadas por outras empresas com autoridade no assunto e que trouxeram os resultados esperados. Isso garante alguns benefícios, tais como:

  • maior velocidade na implementação;
  • uma linguagem comum com outras empresas no que concerne às ações de TI;
  • uma maior clareza ao realizar ações de benchmarking;
  • conformidade com a legislação vigente e com as normas internas da empresa;
  • maior facilidade para contratação de serviços e produtos para o negócio.

A governança de TI cumpre um papel fundamental para conseguir otimizar as rotinas do setor e conseguir alavancar os resultados do negócio como um todo. Para isso, sua adoção deve ser feita de forma eficiente, a fim de trazer melhores resultados para o seu negócio.

Quer mais dicas importantes para uma otimização do setor de TI da sua empresa? Curta nossa página no Facebook e confira nossas publicações em seu feed de notícias.

Receba conteúdos exclusivos da Aloo no seu e-mail!

Cadastre seu e-mail para receber nossos conteúdos exclusivamente.

Email registrado com sucesso

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.