gestão de ti

Gestão de TI: descubra os erros mais comuns e como evitá-los

Powered by Rock Convert

Com o papel da tecnologia se tornando cada vez mais relevante dentro das organização, a gestão de TI passa a ocupar uma função de destaque para qualquer empresa que visa se destacar no mercado, atuando de forma mais ágil e eficaz.

Contudo, mesmo que a grande maioria dos gestores acredite realmente que a tecnologia é fundamental para o sucesso de suas organizações, a falta de um conhecimento acerca das peculiaridades da gestão de TI acaba fazendo com que eles cometam uma série de erros.

Neste post, nosso objetivo é clarear o entendimento com relação a essas falhas e dar algumas dicas de como você e seu time de colaboradores podem evitar armadilhas. Continue conosco até o final e confira!

O que é gestão de TI

Até pouco tempo atrás, a TI era apenas um departamento de apoio com o intuito de criar e-mail, resetar senhas, realizar a manutenção de algumas máquinas, equipamentos e só. No entanto, a transformação digital trouxe-a para o centro dos negócios.

Hoje, dentro de uma organização focada em inovação e competitividade, a TI se tornou um setor estratégico dentro da empresa, agindo de forma a melhorar os processos e tarefas, objetivando melhores resultados e eficácia.

A gestão de TI trata do gerenciamento de todos os ativos que fazem parte do setor de tecnologia de uma organização, software, hardware e recursos humanos. Assim sendo, é por meio dela que administramos as informações e criamos e aplicamos projetos alinhados com a estratégia de negócio, buscando maximizar a competitividade da empresa.

Em um primeiro momento, pode parecer alguma coisa simples, porém, esse ambiente que envolve ferramentas específicas e pessoas diversas pode ser altamente complexo, o que colabora para uma grande quantidade de erros.

Qual é a sua importância

Conforme a tecnologia vem evoluindo com soluções como os dispositivos móveis, cloud computing, acesso simples à internet e várias outras inovações, ela potencializa também a transformação digital, abrindo novos mercados e permitindo que as empresas explorem novas possibilidades.

Ao mesmo tempo, todas essas soluções abrem caminho para que novos players possam adentrar o mercado, aumentando a competitividade em vários setores.

Para se manter ativas e crescer dentro desse novo contexto, é preciso investir em tecnologia, não apenas direcionando recursos em qualquer ferramenta, mas criando um planejamento consistente e realizando uma gestão de TI ativa e atuante.

Quais erros podem ser cometidos

A seguir, vamos listar para você alguns dos principais erros cometidos dentro da gestão de TI e quais as atitudes que você e sua equipe podem tomar para evitar essas situações. Vamos a elas.

Não estar atento aos feedbacks

Todos os esforços da TI dentro de uma empresa tem como objetivo facilitar as atividades dos colaboradores — de forma interna, e dos usuários — de forma externa, ou seja, todos eles são os clientes do setor.

É muito comum que as decisões da TI sejam tomadas com base naquilo que o setor acredita ser o melhor para a empresa mas, muitas vezes se esquecem de consultar os principais interessados — quem fará uso da solução proposta.

Dessa forma, o que temos são investimentos em ferramentas que não cumprem com a demanda esperada ou não atingem seu potencial total.

Para evitar esse tipo de solução, é preciso criar canais de comunicação entre os usuários e o departamento de TI, para que os técnicos possam entender realmente quais as dificuldades enfrentadas antes de proporem as soluções.

Tratar a nuvem como extensão do Data Center local

Outro erro muito comum na gestão de TI é tratar a nuvem como apenas outro servidor local, o que ela realmente não é. Existem vários pontos a serem verificados aqui, mas um deles é o custo envolvido.

Ao mesmo tempo que uma máquina local não tem como aumentar sua capacidade de trabalho, a nuvem também não pode atender um aumento atípico em solicitações sem elevar seu custo. Isso, muitas vezes, não é lembrado pela maioria dos gestores, ocasionando um aumento dos gastos com cloud.

A nuvem é fundamental para qualquer estratégia de TI, porém, configurar esse ambiente da maneira correta é algo essencial para não trazer problemas financeiros para a organização. Portante, busque sempre verificar suas configurações para evitar surpresas.

Não se manter atualizado

A falta de atualização é uma das principais portas de entrada para malwares e a ação de hackers, favorecendo o roubo e sequestro de dados. Boa parte dos gestores não se atenta a esse problema, se tornando alvos fáceis de qualquer tipo de ataque.

Sempre que um fornecedor lança uma atualização, é preciso realizar os ajustes o mais rápido possível em seus equipamentos e softwares, minimizando assim a janela de vulnerabilidade para a sua rede privada.

Fazer contratações ineficientes

Alguns gestores ainda se deixam lavar por currículos bem floreados, mas, dentro da área de TI, bons técnicos nem sempre te uma boa formação, ou, em alguns momentos, ela nem é necessária.

Na hora de realizar uma contratação para o seu time, o ideal não é se basear em currículos ou formações, mas realizar entrevistas e pequenos testes práticos, visando verificar quais são os candidatos que realmente têm conhecimentos sobre tecnologia.

Além disso, determinados profissionais, muito específicos, podem ser contratados apenas como freelancers para determinadas tarefas, uma vez que, na maior parte do tempo, não há uma demanda recorrente para eles.

Ocultar problemas

Por fim, a último erro que acontece com frequência na gestão de TI é a ocultação de problemas, seja por falta de conhecimento sobre como lidar com ele, ou não ter os recursos adequados para resolvê-lo no momento.

Isso pode ser catastrófico para a organização, trazendo uma série de dilemas, sendo que o pior deles é, com certeza, a interrupção dos serviços e a falta de continuidade dos negócios.

Mesmo que comunicar um equívoco signifique admitir um erro, será muito melhor para o time de TI e seu gestor encarar essa situação do que deixar que algo ainda pior possa vir a acontecer, prejudicando a empresa como um todo.

A única dica aqui é ser sempre sincero, não espere para ver onde uma situação dará, afinal, existe uma máxima que diz: nada é tão ruim que não possa piorar. Pense nisso!

Ao encarar de frente todos os erros listados acima, temos a certeza de que você será capaz de criar uma gestão de TI muito mais eficiente, que possa realmente trazer um retorno estratégico para a sua organização!

Ainda não acabou! Temos outro artigo tão bom quanto esse para você! Confira aqui sobre a edge computing!

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Receba conteúdos exclusivos da Aloo no seu e-mail!

Cadastre seu e-mail para receber nossos conteúdos exclusivamente.

Email registrado com sucesso

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.